26 abril 2010

Poderia ter usado palavras tão bonitas e complexas, para coisas mais intensas que eu senti. Momento é denominado de momento, porque ele é exatamente isso. Momento.
Dependem das atitudes pra eles se tornarem eternos, ou somente... momentos;

22 abril 2010

Entendo

Entendo o motivo seu, de colocar as unhas pra fora. É porque você me viu sofrer e chorar esse tempo todo. Você achou injusto isso acontecer justamente comigo,novamente.
E quis me proteger. Tudo bem, eu entendo. Mas quero experimentar o sabor de usufruir das minhas garras sem auxílio. De mostrar minhas presas e rungir sem medo.
Obrigada por me proteger. Mas eu quero fazer isso sozinha, não é pra sempre que vou te ter.

12 abril 2010

"Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sútil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma....
E você aprende que amar não significa apoiar-se...
E aprende que não importa o quanto você se importe ,algumas pessoas simplesmente não se importam...
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longa distância.E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem tem da vida...
Aprende que o tempo não é algo que se possa voltar para trás.
Portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguem lhe traga flores.
E você realmente pode suportar...que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe.Depois de pensar que não se pode mais.E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!"

08 abril 2010


Essa imagem, me lembra um sonho que eu tive há pouquíssimo tempo. Ainda bem que contenho essa lembrança como sonho. (sonhar - v. intr. Fantasiar; devanear.), segundo o dicionário.
Sonhos na vida são essênciais, mas há um limite para se sonhar? Porque há pessoas que como eu, retiram o corpo da realidade totalmente para se enfiltrarem em sonhos?
E Porque há pessoas que firmam os pés e enraizam na realidade, e tem fobia de sonhar?
Deveria haver uma meia-dosagem de sonhos, porque eles estão sendo usados exageradamentes, ou não são usados.
São muitos meios-termos,odeio meios-termos. Ou é, ou não é. Odeio manipulação, mas não fujamos dos fatos.
Mudar meus lemas, deixar na minha vida somente oque, e quem me faz bem. Como eu disse três posts atrás. QUEM CORRE,CANSA! Eu cansei, por várias vezes cansei. Mas agora, eu parei. E não quero saber quem você é mais, nem quero estar ao seu lado.
Você não sabe oque quer, mas eu sei oque quero. E não quero um alguém desentendido que não tem metas e objetivos pra traçar. Eu quero é mais,quero evoluir, e não diminuir.

A coragem, é uma coisa difícil de definir. A coragem pode se basear em uma idéia idiota, ou em um erro. Mas você não pode questionar os adultos,seu treinador,ou seu professor... Porque eles fazem as regras.
Talvez eles saibam mais,talvez não.Tudo depende de quem você é,de onde você vem.
A coragem é complicada.
Devemos sempre fazer oque os outros mandam? Às vezes, você nem sabe porque está fazendo uma coisa.
Qualquer tolo pode ter coragem, mas honra... essa é a verdadeira razão pra você fazer, ou não uma coisa. É quem você é e talvez quem você quer ser;
Se você morre tentando fazer uma coisa importante,então você tem honra e coragem,e,isso é muito bom!
Você deve pedir coragem,e agir com honra.E talvez até rezar para que as pessoas que mandam,as tenham também. (Michael Jerome Oher - The blind side.)
Um diálogo me fez mudar todo um conceito e bloquear toda uma tristeza. Às vezes palavras malditas, podem ter sido simplesmente mal-ditas.

03 abril 2010

Nada. É isso que eu estou sentindo nesse presente momento.
Nem alegria demais, nem tristeza. Nem empolgação, nem calma.
Estou num estado instável,e passageiro.
Agora estou nervosa, porque descobri a intensidade dessa palavra: "passageiro."
Me soa tão mal, tem um som finalizador. Me pesa tanto na mente quanto um ponto final.
Agora me surge uma estampa interrogativa no meio da face. Qual será o sentimento que vai mudar esse meu estado?
Alegria? Tristeza? Dor? Amor? Oque?
Alguém pode me responder?