06 maio 2010

15 verões.

Está começando mais uma "nova etapa" dessa vida. Ora bolas! São apenas quinze verões, uma mala, e muitas histórias pra se contar.
São ilusões, amores, tristezas, alegrias, perdas, ganhos, vantagens e desvantagens.
Eu já recomeçei essa etapa por tantas vezes, que agora que estou recomeçando novamente tenho medo de me machucar denovo.
Eu só quero que você saiba como são as coisas no meu mundo.
E que saiba como meus dedos estão doloridos de tanto fazer figa, pra que você me aceite da forma que eu sou. Ah...eu seria tão feliz.
E eu acho que eu mereço essa felicidade toda. Já passei por muitas quedas, colisões, dores e pudores.
Porém pudera, nunca dei chance pra real felicidade.
Mas eu sinto que algo diferente pode acontecer agora. Eu preciso crescer mais, e mudar minha idéias pra isso. Eu preciso juntar todas as minhas qualidades e tentar ser o melhor pra mim.
Quinze verões, e a minha história só está começando agora.
Minha história não é automática, é manuscrita. Preciso escrevê-la, apagá-la, e reescrevê-la se preciso. Mas não vou deixar ela cair no esquecimento, como qualquer outra coisa que eu tenha escrevido sobre um sentimento qualquer e sem fundamento.

Esse é um começo de um novo fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário