22 janeiro 2011

Amanhã

Ouvir lendo: Aqui.

Eu tenho essa de acreditar que amanhã tudo vai ficar bem.. não sei por que.

Na verdade, eu sei sim. Eu nunca acredito que alguém vai embora pra sempre.. por mais que vá! Existe um mundo aqui por dentro que é totalmente diferente dessa realidade artificial, e quase infinita daqui de fora. Eu sei que é difícil entender alguma coisa que eu falo ás vezes, mas é a forma que eu consigo expressar isso tudo, sabe?

Eu já caí muitas vezes, e ás vezes parece que ninguém percebe isso, eu sinto que não tem ninguém por perto, não sei, é complicadíssimo, assim como ás vezes pareço ter meio-mundo em minha volta, tantas pessoas me apoiando, querendo se aproximar, e no fundo no fundo, eu não consigo ter afeto por essas pessoas, deixar que se aproximem, vontade de dizer: - Para! Não é você quem eu preciso.

Agora eu estou por cima, mas estou falando do amanhã. Me dói um pouco falar do ontem, mas eu gosto de rever meus atos, lembrar de tudo o que fiz, pessoas com quem estive, coisas que eu não fiz e pretendo fazer, pessoas que entram na minha vida pela porta principal e eu acabo jogando-as pela janela...
É complicado tudo isso, mas hora vai, hora vem, e nada á nada eu não preciso falar tanto de tristeza, porque tristeza alimenta a saudade, e eu não estou querendo essa combinação agora.

Eu sinto saudades de sei lá o que. Eu posso prever o meu futuro de onde estou agora, mas sinto que de uma forma ou outra, me falta alguma coisa; E o que me angustia é não saber o que é esse futuro por completo, ou talvez nem saber. Também não vou ficar me estapeando pra ficar melhor agora...
Eu tenho certeza que amanhã o dia vai amanhecer mais bonito, e se não for amanhã, vai ser em qualquer outro amanhã dessa vida.

Não me custa nada esperar. Eu espero e creio no amanhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário